AJ RORATO

EnglishPortugueseSpanish
Menu

A história da A. J. Rorato começou em 1969, com a pequena fábrica de móveis de Aparecido Rorato, Antonio de Jesus Rorato e seu cunhado Pedro Perle, na pequena cidade de Jaci, interior de São Paulo. Antonio se destacava pela administração e talento para relações comerciais, enquanto Aparecido e Antônio se mostravam exímios artesãos, o que fortaleceu a sociedade e trouxe corpo aos primeiros anos da empresa.

No entanto, a crise na indústria cafeeira da região enfraqueceu os negócios e os irmãos se mudaram para a cidade de Araruna/PR, em busca de novas oportunidades para a pequena fábrica. Neste ponto, atendendo as demandas dos serviços funerários do local e criando peças sob encomenda para os moradores da região, os sócios passaram a aproveitar as oportunidades do mercado e investiram na marca A. J. Rorato. O crescimento foi inevitável.

O nosso negócio

Oferecer as famílias praticidade, conforto e beleza em móveis.

Atualmente, a A. J. Rorato conta com um moderno parque industrial, onde mais de mil funcionários operam um maquinário de última geração e utilizam as melhores práticas de gestão de pessoas e excelência de produção. Os caminhões, sempre revisados e reparados, compõem uma frota própria de mais de 120 veículos, e os motoristas passam por um processo rígido de preparação e constante aprimoramento, garantindo baixíssimo índice de danos aos produtos.

A qualidade das peças aliada a preços competitivos, design diferenciado e alto padrão de entrega conferem hoje, à A. J. Rorato, a liderança nacional em gabinetes para cozinha, banheiro e tanques para lavanderias.

Nossa Estrutura

Missão

Desenvolver e produzir móveis com qualidade, acessível à todas as famílias.

Visão

Ter a preferência dos clientes, a nível nacional, com relação a nossos concorrentes levando em consideração o critério "marca mais comercializada", da Pesquisa Anamaco / IBOPE.

Valores

  • Produzir o melhor, pelo menor preço possível;
  • Respeitar e cumprir com todos os nossos deveres, inclusive éticos, para com nossos clientes, consumidores e colaboradores;
  • Preservar a natureza, nossa fonte de vida e matéria-prima;
  • Dar aos nossos colaboradores a oportunidade de crescer sócio-economicamente;
  • Investir constantemente em tecnologia e inovação dos produtos.

A política ambiental da A. J. RORATO demonstra todo o seu comprometimento e o cuidado na geração, tratamento e disposição de resíduos industriais. A empresa encara a gestão ambiental como parte de seu programa de qualidade. O objetivo é a melhoria das condições de produção, sustentabilidade ambiental e respeito ao ser humano.

A A. J. RORATO realiza a Coleta Seletiva de materiais como papel, plastico, metal. Esses resíduos são comercializados para empresas de reciclagem e se transformam, após seus respectivos processos, em novos produtos, evitando a degradação e a poluição da natureza.

Para a produção de 80.000 peças de armários para cozinha e banheiro, a A. J. RORATO consome, em média, 1.250 m3 de madeira serrada por mês, todas originadas de reflorestamento próprio em uma área de 1.500 ha de Pinus sp. É importante ressaltar que o reflorestamento contribui com a preservação do meio ambiente, reduzindo o efeito estufa por meio da captação de CO2 - processo de fotossíntese. Os resíduos sólidos de madeira provenientes da serraria são 100% reciclados e transformados em briquete, este utilizado para a geração de energia em caldeiras.

A A. J. RORATO instalou a Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário, que tem capacidade para tratar o esgoto gerado por 1.450 colaboradores. O mecanismo evita a contaminação e a transmissão de doenças e contribui com a preservação do meio ambiente como um todo. Não poluir o meio ambiente é um dever de todo cidadão. Aconscientização ambiental é fator primordial para um futuro sustentável. A A. J. RORATO está, diariamente, fazendo a sua parte e cuidando do planeta.

A A. J. RORATO implantou, recentemente, uma Estação de Tratamento de Efluentes Industriais. Este sistema trata os efluentes líquidos gerados nas lavagens de caminhões, lavador de gases da caldeira e cabines de lixamento de pias. O tratamento é feito em etapas físico-químicas e objetiva a remoção de poluentes. A A. J. RORATO está atenta a cada detalhe. Todos os processos são acompanhados por profissionais especializados.

O solvente utilizado na limpeza de máquinas e ferramentas passa por um processo chamado destilação. Após este procedimento, obtém-se o solvente reciclado. Esta reciclagem oferece diversas vantagens: reutilização por várias vezes do mesmo solvente, redução do estoque de residuos, redução de encargos ambientais e redução de compra (mantendo a qualidade e característica do produto).

No processo de fabricação de pias e tanques de mármore sintético, os produtos reprovados pelo controle de qualidade ou que retornaram danificados das entregas são encaminhados a um local onde é realizado o processamento. As pias e tanques são quebrados em pedaços menores e encaminhados à moagem (triturador). O pó moído retorna ao processo de fabricação de pias e tanques de marmore sintético. Esse processo não representa economia de matéria-prima, e sim benefícios ao meio ambiente, uma vez que reduz as quantidades de resíduos sólidos destinadas para o aterro industrial.

fechar

O que você está procurando?